Legion: Revelação dos Artefatos de Sacerdote
Sacerdote
por Blizzard Entertainment em October 23rd às 5:00pm

Apenas os veteranos mais experimentados de Azeroth têm a bravura necessária para empunhar Artefatos lendários contra a Legião Ardente. Conforme você fica mais forte, o poder do seu artefato também aumenta, e suas escolhas modificam as habilidades, a aparência, os sons e a sensação em combate dessa arma mítica. Transforme seu Artefato em um perfeito instrumento de batalha e conduza sua facção nestes tempos de desespero.

Você se tornou um dos maiores Sacerdotes de Azeroth e merece uma arma que não carregue apenas poder, mas também um nome. 

 Entre a luz e as sombras

Sacerdotes se dividem em três grupos: Disciplina, Sagrado e Sombra. Essas especializações têm identidade própria, que se reflete na Arma-artefato escolhida.

  • O Sacerdote de Disciplina se interpõe entre a luz e as sombras — e manipula ambas, equilibrando-se no precipício entre elas. Essa dicotomia deve ser cultivada com cuidado para que o poder do cajado Fúria da Luz seja controlado em batalha.
  • O Sacerdote Sagrado, por sua vez, encarna o poder do divino, portanto brande uma arma à altura: Tuure, a Luz dos Naarus. Um artefato de tamanho calibre é capaz de curar aliados e esmagar inimigos com a mesma destreza.
  • Quem trilha o caminho das sombras cobiça Xal'atath, a Lâmina do Império Negro. O Sacerdote de Sombra que empunha essa espada afiada pelo Caos sem dúvida vai aterrorizar os inimigos e submetê-los à sua vontade.

Os Artefatos simbolizam o poder do Sacerdote que os empunha. Palavras detêm poder — guarde na memória, portanto, o nome dessas armas míticas, pois serão companheiras constantes na luta contra o inimigo mais letal que você jamais enfrentou.

Disciplina – Fúria da Luz

Obcecados em expurgar os mortos-vivos da face de Azeroth, os fanáticos da Cruzada Escarlate tentaram recriar a Crematória em forma de cajado. No entanto, um Senhor do Medo infiltrado na ordem interveio, interrompendo o processo e provocando uma violenta explosão mágica. O poder do cajado danificado mostrou-se praticamente incontrolável. Após várias tentativas de empunhá-la de forma segura, a Fúria da Luz foi escondida pelos magos do Kirin Tor, para que não continuasse a semear a morte.

Sagrado – Tuure, a Luz dos Naarus

Como filhos da Luz Sagrada, os benevolentes naarus resgataram os draeneis de sua terra natal, depois que quase toda a população foi transformada em soldados demoníacos da Legião Ardente. Durante a fuga, os draeneis quase foram derrotados pelos demônios, mas os naarus conseguiram protegê-los com esse cristal poderoso. Tuure canaliza a essência da Luz em radiação curativa, que regenera as feridas mais terríveis e traz de volta os moribundos. O cristal acabou sendo tomado por tropas da Legião e não foi mais visto.

Sombra – Xal'atath, a Lâmina do Império Negro

Esta adaga atemorizante foi forjada a partir da garra de um Deus Antigo há eras, e foi usada por sacerdotes sombrios em sacrifícios ritualísticos durante o reinado do Império Negro. Após a queda dos Deuses Antigos, Xal'atath foi guardada por cultistas. De tempos em tempos a adaga reaparece, sempre associada a rituais terríveis e calamidades. A lâmina tem vontade própria e se vale das poderosas energias do Caos e de magia mental para distorcer tudo à sua volta com propósitos nefastos.

WoW Classic
Lançamento mundial em:
Já disponível no mundo todo
Dias
Horas
Min
S