Prévia do Raide e Cronograma: Tumba de Sargeras
por Blizzard Entertainment em August 8th às 5:00pm

Atualizado dia 8 de Agosto: Localizador de Masmorras para Ala 4 “Queda do Enganador” já está disponível – Kil’jaeden te espera!

Atualizado em 25 de julho: Localizador de Raides Ala 3 (Câmara do Avatar) já disponível.

Atualizado em 11 de julho: Localizador de Raides Ala 2 (Wailing Halls) já disponível.

Atualizado em 27 de Junho: Dificuldade mítica e Localizador de Raides Ala 1 (Portões do Inferno ) já disponíveis.

Atualizado em 20 de Junho: Dificuldade Normal e Heroica de Tumba de Sargeras já disponível.

Superando perigos incontáveis e dificuldades sem fim, as forças combinadas das Ordens de Classe lutaram e abriram caminho até a Costa Partida para chegar à Tumba de Sargeras. Manuseando grandes armas de poder e com os Pilares da Criação à mão, é hora de enfrentar os últimos inimigos antes de selar o portal, bloqueando o acesso da Legião Ardente a Azeroth.

Nível mínimo: 110

Local: A Costa Partida

Chefes: 9

Modo: Localizador de Raides, Normal, Heroica, Mítica

Foi neste templo de Eluna que Aegwynn trancafiou o avatar derrotado de Sargeras. Ela esperava que, enterrado nos profundezas da terra, ele permanecesse adormecido, mas o poder seduzia e atraía as mais abjetas entidades para este local. Ao readentrar a tumba, Gul'dan desfez as proteções de Aegwynn e abriu uma passagem para a invasão da Legião. Agora, o exército vil está em vias de irromper na câmara, esperando retomar o poder de seu mestre.

Ao estruturarmos a Tumba de Sargeras, queríamos proporcionar a vocês um interior digno da fachada épica que paira sobre a Costa Partida e, ao mesmo tempo, deixar espaço para variedade na atmosfera e nos tipos de chefe que os jogadores vão encontrar. Esse objetivo norteou a disposição geral do raide e o ritmo do começo ao fim.

Cantinho do desenvolvedor:

Agenda de desbloqueio do raide

Terça-feira, 20 de junho: modos Normal e Heroico liberados

Terça-feira, 27 de junho: modo Mítico e Ala 1 do Localizador de Raides – Portões do Inferno (Goroth,  Harjatan e Senhora Sass'zine) liberados

Terça-feira, 11 de  julho: Ala 2 do Localizador de Raides – Salões Ululantes (Inquisição Demoníaca, Irmãs da Lua, Anfitrião Desolado) liberada

Terça-feira, 25 de  julho: Ala 3 do Localizador de Raides – Câmara do Avatar (Donzela da Vigilância, Avatar de Sargeras) liberada

Terça-feira, 8 de  agosto: Ala 4 do Localizador de Raides – Queda do Enganador (Kil'Jaeden) liberada

Confrontos e chefes

Saiba mais sobre cada chefe logo abaixo. Dê uma olhada no Guia de Aventuras no jogo (Shift+J) para ver a lista completa de dicas para Curandeiros, Causadores de Dano e Tanques.

O nível superior da Tumba reflete diretamente a estética da parte externa, e os jogadores que passaram pela masmorra Catedral da Noite Eterna reconhecerão a nave acima da qual assoma a entrada da masmorra. Esta área é totalmente controlada pela Legião, e os Exércitos da Queda da Legião terão que superar alguns dos comandantes demoníacos mais ferozes para conseguir avançar Tumba adentro.

Cantinho do desenvolvedor
Goroth

Como punição por fracassos no passado, a carne de Goroth é marcada por feridas em brasa. Ao menor movimento, o monstro colossal crepita em um tormento interminável, um sofrimento que ele anseia infligir àqueles que cruzarem seu caminho.

Inquisição Demoníaca

Prevendo a chegada de forças mortais para invadir a Tumba de Sargeras, Kil'jaeden convocou Atrigan e Belac, seus mais exímios captores, para deter os intrusos e impedi-los de usar os Pilares a fim de avançar masmorra adentro.

A chegada do senhor infernal Goroth também abre uma antiga passagem que leva às cavernas que cercam os alicerces da Tumba, fora de sua estrutura. Isso confere à segunda parte do raide um clima bem diferente do resto. Os jogadores serão conduzidos por várias cavernas naturais e ruínas antigas enquanto enfrentam uma horda de nagas da rainha Azshara. Esse tema também está intimamente ligado à Pedramar de Golganneth, um dos Pilares da Criação, cruciais para interromper o ataque da Legião a Azeroth.

Cantinho do desenvolvedor
Harjatan

Harjatan foi treinado desde o nascimento para dizimar os inimigos. Dominando com uma brutalidade selvagem, ele angariou rebanhos de murlocs cavernícolas que o veem como um deus. Agora, basta o brutamontes naga ordenar para que hordas de seus devotados seguidores surjam para atendê-lo.

Senhora Sassz'ine

A senhora Sassz'ine passou a vida dobrando os habitantes do oceano de acordo com seus interesses sombrios. Com esse poder, ela evoca pesadelos que emergem das profundezas oceânicas para devastar todos aqueles que a desafiam.

Depois de abrirem caminho pelas cavernas inundadas sob a Tumba, os jogadores sairão de novo nos níveis inferiores da Tumba, selados desde tempos imemoriais. Tematicamente, isso mostra as origens élficas do lugar, outrora um Templo de Eluna, preservado (embora cheio de teias de aranha!) e com um esquema de cores bem diferente do preto e verde do salão de entrada. Mas, claro, a influência do poder maligno que Aegwynn aprisionou sob a Tumba exerceu sua influência nestes salões ao longo dos séculos...

Cantinho do desenvolvedor
Irmãs da Lua

As Irmãs da Lua atuavam como protetoras do templo muito antes de o avatar de Sargeras ser enterrado sob ele. Mesmo na morte, as irmãs permaneceram em vigília. Ao longo dos milênios, contudo, algo distorceu-lhes a capacidade de distinguir amigos de ameaças. A loucura as consumiu lentamente e, agora, todos que adentram suas câmaras sagradas encontram a morte.

O Anfitrião Desolado

Outrora servindo de cemitério sagrado aos elfos noturnos, estas terras foram profanadas pela Legião com o Motor das Almas. O pérfido maquinário extrai energia dos mortos, transformando-os em abominações. Devido à corrupção, os espíritos atormentados se tornaram monstruosidades sempre prontas a devorar qualquer um que desça rumo às profundezas da tumba.

Finalmente, os jogadores retornam ao salão de entrada do raide, tendo usado os Pilares da Criação para abrir um caminho que leva até o selo final, localizado na câmara do Avatar Caído de Sargeras, quilômetros abaixo da superfície. A arquitetura e os inimigos refletem a influência dos titãs: por mais que Aegwynn fosse poderosa, seria improvável que ela conseguisse construir sozinha uma prisão capaz de conter as forças do titã sombrio. Criar a câmara do Avatar Caído foi um desafio à parte, dada a escala do inimigo que os jogadores teriam que enfrentar. A batalha com o avatar vai destruir e transformar o ambiente que cerca os jogadores, que enfrentarão tanto a ameaça dos golpes do Avatar quanto o problema de um espaço cada vez menor.

Claro que o raide não termina com o Avatar Caído. A batalha contra Kil'jaeden levará os jogadores bem mais longe que as muralhas da Tumba, e até além dos limites do nosso mundo...

Cantinho do desenvolvedor
Donzela da Vigilância

Incumbida por Aegwynn de proteger a Tumba de Sargeras, a Donzela da Vigilância permaneceu de guarda por séculos. O que a guardiã não foi capaz de prever, contudo, foi o efeito que a exposição à energia vil do avatar teria no constructo titânico. Lentamente desvirtuada pela malevolência, a Donzela agora almeja destruir todos em seu caminho.

Avatar Caído

Ao derrotar o Avatar de Sargeras, Aegwynn foi incapaz de destruí-lo. Com o objetivo de trancafiá-lo, a armadura foi sepultada sob o Templo de Eluna, onde permaneceu adormecida. Rompendo as barreiras da tumba, Kil'jaeden está em posição de reanimar a armadura e voltar todo o seu poder contra Azeroth.

Kil’jaeden

Após o acordo que afugentou os draeneis para as estrelas, Kil'jaeden achava que nada mais poderia deter a Legião. No entanto, nenhum de seus ardis impediu a chegada deste momento crítico. Enfurecido pela promessa de vitória de Sargeras jamais ter se concretizado, o lorde-demônio se prepara para a batalha final que definirá o destino de Azeroth para sempre.


Nos vemos na tumba!

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.