Destaque da Comunidade: A Voz de Azeroth
Destaque da Comunidade
por Lorielyth em June 2nd às 6:26pm

Ao longo de todos estes anos o universo de Warcraft vem inspirando jogadores ao redor do mundo a criar conteúdo das mais diferentes formas. Esses jogadores vem mostrando seu amor pelo jogo através de artes e cosplays incríveis, blogs, vídeos, narrações de campeonatos e muito mais. Para continuar a série Destaque da Comunidade exclusivamente brasileira, trazemos Höllywood, do canal de lore e curiosidades de Warcraft A Voz de Azeroth.

18789743_810450232444609_159960980_o.jpg

Lorie: Conta um pouco mais sobre o surgimento do canal!

Höllywood: A ideia do canal surgiu como um desejo meu de expressar minha criatividade. Antes de jogar World of Warcraft eu já era um gamer hardcore de longa data, mas como no momento da criação do canal eu estava extremamente focado no WoW, esse foi meu foco. Eu acompanhava e ainda acompanho alguns canais estrangeiros que me inspiraram como o Nobbel87, Nixxion, Doronsmovies e o querido Hayven Games, que apoiou a Voz de Azeroth. Pro trás da produção do canal estou somente eu. Eu sempre fui meio nerd e acredito que as minhas influências culturais ajudaram na parte criativa dos vídeos.

No canal A voz de Azeroth eu crio diferentes tipos de videos como vlogs chamados de Barra-S onde eu falo com a comunidade sobre assuntos envolvendo o jogo, também gosto de mostrar as curiosidades com Top 5 e Top 10 envolvendo diferentes assuntos, como 10 Heróis de Warcraft, 10 Traidores, 5 Locais secretos e por aí vai. Também gosto de mostrar segredos sobre o jogo e tenho uma playlist só disso, mas a parte mais querida pelos Sombrios - que são meus inscritos - é a História de Warcraft criada em machinimas. Procuro focar em um personagem ou cidade e falar tudo sobre o assunto desde os fatos que muitos já conhecem até aquela curiosidade esquecida que poucos tomaram conhecimento.

Lorie: Quanto tempo demora a criação de um vídeo, desde a concepção da ideia até ser colocado no YouTube?

Höllywood: Eu produzo diferentes tipos de vídeos no meu canal e o tempo de produção de cada um deles varia. Desde três horas quando se trata de um vlog, até quase 50 horas dependendo da lore ou machinima. Além disso, a conexão onde eu moro é terrível, e pode levar até 10 horas para fazer o upload de um vídeo de quinze minutos.

 

Lorie: Qual é a parte favorita do universo de World of Warcraft?

Höllywood: Eu gosto do mundo do jogo. Todas as regiões e continentes diferentes que existem. Há muitas diferenças em arquitetura, fauna, clima, vegetação. A Variedade nos cenários é impressionante, e isso combinado com a história do jogo, dá a cada localização fatos históricos, monumentos dedicados a personagens, pessoas, artistas. E além disso, cada região tem sua própria música e ambiência então pra mim, realmente o mundo do jogo é a minha parte preferida.

Lorie: Qual foi seu primeiro contato com os jogos da Blizzard?

Höllywood: O primeiro jogo que eu joguei foi o Rock n' Roll Racing no Mega Drive em 1993. Ainda nesta época joguei o jogo Justice League Task Force também para Mega drive, anos depois fui descobrir que Chris Metzen tinha trabalhado na arte do jogo. A Blizzard ainda se chamava Silicon & Synapse, alguns anos depois conheci o Warcraft: Orcs & Humans, Diablo I e Warcraft II. 

Joguei muito todos estes games.

Lorie: Como foi começar em World of Warcraft? Qual foi seu primeiro personagem?

Höllywood: Eu comecei tarde, no patch 5.1 quando era o início de Pandaria e estava rolando o Desembarque. Eu já tinha curiosidade sobre o jogo desde a expansão Wrath of the Lich King, mas nesta época eu não tinha como jogar. Pra mim o primeiro contato com o game foi maravilhoso. Você nunca sabe o que tem a sua frente, e cada nova área explorada era uma alegria. Os primeiros contatos com a facção rival foram muito engraçados. Ou eu corria daquele Horda bolado com level caveira, ou alguém com level mais baixo que corria de mim. 

Meu primeiro personagem foi o Höllywood, um ladino.

Lorie: Por que Ladino nas duas facções, com o mesmo transmog e quase o mesmo nome?

Höllywood: Eu jogo de Ladino dos dois lados porque não quero aprender a jogar com outra classe no momento. Mesmo transmog e nome similar porque eu me apego aos personagens que crio nos jogos de RPG e no WoW não foi diferente. Já passei por muitas situações com meu main que é o Höllywood, e pra mim fica chato jogar com outro personagem que não seja ele. Por isso decidi criar a versão Undead dele na Horda e usar a mesma aparência. Futuramente, quem sabe ele não acaba morrendo em uma Noturnália e eu crio uma machinima de terror com um Unhollywood assombrando e atacando os moradores de Vila D’ouro.

Lorie: Como está sendo a experiência de jogo em Legion pra você?

Höllywood: Estou gostando da expansão atual. Para aqueles que gostam da história do jogo, o Legion trouxe de volta diversos personagens e as continuações de suas histórias. Alguns estavam mortos desde Warcraft II. Mas por outro lado, muitas perdas como a do Rei Varian, Vol’jin e outros. As zonas de jogo estão muito bem trabalhadas em todos os aspectos como música e o modelo dos mobs. Lutar com a Legião em um patch atual não é algo que eu achei que faria, e o pre-patch foi algo muito divertido que eu tive a oportunidade de participar com os inscritos do canal em eventos em live.

Lorie: Qual é a lembrança relacionada ao jogo que você guarda com mais carinho? E sua proeza mais difícil?    

Höllywood: Acho que o último episódio em live que fiz no meu canal foi o momento mais especial da minha vida no WoW. Ali percebi o carinho dos jogadores e como eu havia criado tantas amizades que me apoiavam a continuar meu canal. Muitos se tornaram meus amigos e mantenho contato direto com eles por Facebook. A minha proeza mais trabalhosa foi conseguir a meta-conquista "Um ano de luta, um ano de conquistas" que leva exatamente um ano para ser completada e requer que o jogador complete todas as conquistas de todos os feriados do jogo. 

Lorie: Ainda existe algo que você deixou pra trás que gostaria de fazer no jogo? 

Höllywood: Sim, com um jogo deste tamanho sempre tem! Eu gostaria muito de fazer o conteúdo PVP e coletar todas as montarias. Sou um fanático por elas e o desejo de ter todas as Selas Cruéis é enorme, mas eu sou um cone nas Arenas. 

Lorie: "Pela Horda!" ou "Pela Aliança!"?

Höllywood: Sério mesmo que você vai me fazer escolher um lado? Eu sou mais do tipo "Pela irmandade dos Defias!" .

Mas, do fundo do coração “Pela Aliança!" .

Ah, e ando um abraço a todos os meus inscritos e principalmente para aqueles que sempre me apoiaram e ajudaram chegar com meu trabalho a este ponto. Sombrios, pai ama vocês.

Acompanhe o A Voz de Azeroth nas redes sociais:


Muito obrigada Höllywood pela participação! Inscrevam-se no canal A Voz de Azeroth e acompanhem o Holly por aí.

Esperamos que estejam curtindo a série de "Destaque da comunidade" exclusivamente brasileira. Deixe sua sugestão de quem você gostaria de ver por aqui e não deixe de conferir os Destaques anteriores aqui.

Carregando Comentários...

Um erro ocorreu durante o carregamento.